sexta-feira, 14 de janeiro de 2011


Por Marcelo Ariel

A pintura é o sonho da luz e os mitos são a música da natureza humana, desde meu primeiro contato com a obra de Panayotis Kontokanis, pude ver nos quadros dele, uma síntese entre estas duas forças: A do sonho e a do mito. No trabalho dele, o sonho e o mito são o transporte e a transfiguração, transporte para o plano dos mitos e desse plano até o plano da nossa realidade, a visão de alguns de seus quadros equivale ao ato de abrirmos uma janela para a dimensão interior, onde vivem os mitos, no caso os mitos gregos e também um acesso à transfiguração da nossa realidade e do nosso mundo através da transformação da paisagem em  sonho. Panayotis dialoga ao mesmo tempo com o sonho da luz em Turner e em Blake, o diálogo com Turner se dá pelo que podemos chamar de visão da paisagem como um mito vivo sonhado e o diálogo com Blake, pela capacidade de criar cosmogonias centradas nos mitos. Podemos afirmar que Panayotis é um nobre servidor dos mitos e da luz. O poeta grego Nikos Kazantzakis, afirmava que  servidores do mito, como ele, vislumbram em vida a extraordinária  ilha da harmonia através da visão interior da beleza  e transcendem o caos e o tempo.

Nota: As pinturas de Panayotis estão em exposição  no Centro Cultural Mestre Assis (Largo 21 de Abril, 29), Sala Jaldo Jones, de 7 a 26 de janeiro de 2011, das 9 às 18 horas em Embu das Artes. Maiores informações aqui: http://www.embu.sp.gov.br/e-gov/noticia/?ver=3425

4 comentários:

  1. Suas palavras tiraram, mais de uma vez, lágrimas de meus olhos. Incrível como você viu Panayotis através de sua obra! Lindo texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um abraço a voce ,tamben a sua mae Daisy,nao sei si voce lembra de min?Sou Henri o Frances

      Excluir
  2. Recomendadíssimo, fui ver e me encantei com os quadros

    ResponderExcluir
  3. Eu sou pesaroso ouvir-se sobre a passagem de seu pai. Eu apenas encontrei de meus mãe e pai. Eu apenas quero dizer-lhe quanto eu amo Theo Panayotis e as alegrias que nos trouxe. Seu pai a memória de s continuará a viver em nossos corações e mentes. Com o todo meu amor, su primo Antonio (Manolaki) Kontokanis.

    ResponderExcluir

Os comentários ao blog serão publicados desde que sejam assinados e não tenham conteúdo ofensivo.